A importância da geolocalização para aplicativos móveis
CRM

A importância da geolocalização para aplicativos móveis

[:pb]Designed by Freepik
O crescimento do comércio de dispositivos móveis, como mencionamos nesse post aqui, está mudando principalmente a forma das marcas se comunicarem com seus consumidores.
Conhecer seu perfil online se tornou uma tarefa relativamente fácil, devido à quantidade de ferramentas disponíveis para este tipo de serviço. Porém, uma novidade está chamando a atenção e interesse do mercado: o uso da geolocalização.

E como a geolocalização pode melhorar a experiência do usuário e aumentar seu engajamento com as marcas? Essa não é uma pergunta simples de responder. Como toda novidade, é necessário que haja aprendizado das empresas para que elas entendam e aprendam os benefícios das aplicações que são baseadas em localização.

Antes de mais nada, vamos ver rapidamente algumas formas de analisar a localização do consumidor:

Beacons: pequenos dispositivos de proximidade para ambientes fechados que utilizam o bluetooth low energy para envio de sinais, localizando smartphones dentro dos estabelecimentos. Porém, além de ser uma tecnologia muito cara, é necessário que o consumidor tenha o aplicativo do estabelecimento instalado e esteja com a função bluetooth ativada, o que na maioria das vezes não acontece.

Wi-fi e triangulação: tecnologia também indicada para uso somente em ambientes fechados, utiliza o wi-fi do estabelecimento para triangular o sinal de diversos roteadores e, assim, localizar a posição do dispositivo móvel.

Antenas de operadoras: também utiliza a triangulação dos sinais enviados pelas antenas para localizar o dispositivo.

GPS: consiste em um sistema de geolocalização por satélite que fornece informações precisas sobre localização e horário em tempo real, utilizando latitude e longitude. Funciona muito bem em ambientes externos, apresentando uma diminuição da precisão em ambientes mais fechados.*

A análise completa dos lugares frequentados pelo usuário possibilita traçar um perfil de consumo preciso, levando em conta pontos de interesse, hábitos e necessidades da vida real. A segmentação hiper localizada oferece às marcas ter um relacionamento único com seus consumidores, pois os smartphones, somados à geolocalização, criam uma ponte que une o mundo online com o mundo offline.

Map pins

Esse estudo do padrão do comportamento das pessoas relacionado aos lugares que elas frequentam é chamado de Geobehavior, um dos pilares das soluções oferecidas pela Flowsense. A possibilidade de formar grupos de interesse (clusters) através de perfis hiper segmentados é a maneira mais eficiente de se comunicar com seu cliente certo, na hora certa e no lugar certo, atendendo exatamente à demanda pessoal de cada um.

Há uma grande preocupação sobre a utilização dos dados coletados e sobre a política de privacidade. No caso da Flowsense, que tem como objetivo estudar o mercado e oferecer soluções inovadoras para a indústria, coletamos dos usuários apenas dados de localização, que são anonimizados, ou seja, não há coleta de nenhum tipo de informação pessoal.

O conhecido ditado “me diga com quem andar e te direis quem és” foi atualizado para “me diga onde vais e te direis quem és”. Ou melhor,  “onde você vai, é quem você é”.

* Tecnologia utilizada pela Flowsense como forma principal de captar a localização do dispositivo móvel.[:en]Designed by FreepikO crescimento do comércio de dispositivos móveis, como mencionamos nesse post aqui, está mudando principalmente a forma das marcas se comunicarem com seus consumidores.
Conhecer seu perfil online se tornou uma tarefa relativamente fácil, devido à quantidade de ferramentas disponíveis para este tipo de serviço. Porém, uma novidade está chamando a atenção e interesse do mercado: o uso da geolocalização.

E como a geolocalização pode melhorar a experiência do usuário e aumentar seu engajamento com as marcas? Essa não é uma pergunta simples de responder. Como toda novidade, é necessário que haja aprendizado das empresas para que elas entendam e aprendam os benefícios das aplicações que são baseadas em localização.

Antes de mais nada, vamos ver rapidamente algumas formas de analisar a localização do consumidor:

Beacons: pequenos dispositivos de proximidade para ambientes fechados que utilizam o bluetooth low energy para envio de sinais, localizando smartphones dentro dos estabelecimentos. Porém, além de ser uma tecnologia muito cara, é necessário que o consumidor tenha o aplicativo do estabelecimento instalado e esteja com a função bluetooth ativada, o que na maioria das vezes não acontece.

Wi-fi e triangulação: tecnologia também indicada para uso somente em ambientes fechados, utiliza o wi-fi do estabelecimento para triangular o sinal de diversos roteadores e, assim, localizar a posição do dispositivo móvel.

Antenas de operadoras: também utiliza a triangulação dos sinais enviados pelas antenas para localizar o dispositivo.

GPS: consiste em um sistema de geolocalização por satélite que fornece informações precisas sobre localização e horário em tempo real, utilizando latitude e longitude. Funciona muito bem em ambientes externos, apresentando uma diminuição da precisão em ambientes mais fechados.*

A análise completa dos lugares frequentados pelo usuário possibilita traçar um perfil de consumo preciso, levando em conta pontos de interesse, hábitos e necessidades da vida real. A segmentação hiper localizada oferece às marcas ter um relacionamento único com seus consumidores, pois os smartphones, somados à geolocalização, criam uma ponte que une o mundo online com o mundo offline.Map pins

Esse estudo do padrão do comportamento das pessoas relacionado aos lugares que elas frequentam é chamado de Geobehavior, um dos pilares das soluções oferecidas pela Flowsense. A possibilidade de formar grupos de interesse (clusters) através de perfis hiper segmentados é a maneira mais eficiente de se comunicar com seu cliente certo, na hora certa e no lugar certo, atendendo exatamente à demanda pessoal de cada um.

Há uma grande preocupação sobre a utilização dos dados coletados e sobre a política de privacidade. No caso da Flowsense, que tem como objetivo estudar o mercado e oferecer soluções inovadoras para a indústria, coletamos dos usuários apenas dados de localização, que são anonimizados, ou seja, não há coleta de nenhum tipo de informação pessoal.

O conhecido ditado “me diga com quem andar e te direis quem és” foi atualizado para “me diga onde vais e te direis quem és”. Ou melhor,  “onde você vai, é quem você é”.

* Tecnologia utilizada pela Flowsense como forma principal de captar a localização do dispositivo móvel.[:]

Comments (3)

  1. […] nossos últimos posts, falamos diversas vezes de geolocalização, geobehavior, geo isso e geo aquilo. Mas afinal, o que são todos esses […]

  2. […] deseja entrar em uma nova região, as pessoas para quem você deseja vender devem ser estudadas. Comportamentos, preferências, hábitos de consumo e tudo aquilo que possa ser relevante para o sucesso do seu produto naquele […]

  3. […] é à toa que a “geolocalização” está em alta – como você pode ver aqui e aqui – e é o assunto do momento em diversos congressos mundo afora. Já existem inúmeras […]

Leave your thought here